ECONÔMICO E FINANCEIRO

A gestão dos ativos

A rentabilidade do patrimônio da Visão Prev é resultado de um processo decisório que envolve vários profissionais, com competências diversificadas, que se somam à expertise de suas equipes. Essa pluralidade vem da própria formação do Comitê de Investimentos que conta com representantes das patrocinadoras, dos participantes e um especialista independente, sob liderança do presidente da entidade. O Comitê é responsável pelas principais análises e recomendações relativas à gestão dos ativos. Esta era sua composição em 31 de dezembro de 2019:


COMITÊ DE INVESTIMENTOS

Nome Cargo
Marcelo Domingos Pezzutto Presidente do Comitê (Presidente da Visão Prev)
Luis Carlos da Costa Plaster Representante da patrocinadora (Diretor de Relações com Investidores da Telefônica)
Luiz Carlos Moreira Lima Membro independente (Sócio-fundador e diretor executivo da Berkana Patrimônio)
Manoel Carlos Carreiro do Rego Representante dos participantes (membro do Grupo Econômico-Financeiro da AVISÃO – Associação dos Participantes dos Planos da Visão Prev)
Kleston Santos Faria* Representante da patrocinadora (Gerente de Divisão de Consolidação, MIS e Reporting da Telefônica)

* Entrou no Comitê em junho de 2019

 

Os ativos da Visão Prev são administrados por gestores externos, contratados por meio de um processo baseado em avaliações quantitativas e qualitativas, referendadas pela Diretoria de Investimentos e pelo Comitê de Investimentos. Para isso, dois pilares são sempre considerados: preservação do capital investido e visão de longo prazo.

A definição dos papéis que compõem as carteiras segue também rigorosamente a regulamentação vigente (Lei 4.661, de maio de 2018) e as Políticas de Investimentos de cada plano e perfil de investimentos. Os benchmarks para as diferentes classes de ativos são definidos conforme as características do passivo atuarial e níveis específicos de risco de mercado. Essa seleção é fundamentada em estudos estatísticos, considerando a relação entre risco, retorno e a correlação dos ativos do portfólio, bem como as perspectivas para os cenários domésticos e internacionais, no curto, médio e longo prazos.


rodape